Forças Armadas do Brasil | O Outro Lado da Moeda

Ponto de Vista Sobre os Militares das Forças Armadas do Brasil

Por Luciano Roberto

Estranho falarmos Forças Armadas do Brasil, pois parece até uma instituição multinacional. Mas na verdade é para mostrar que temos algo nosso, que vai além da segurança regional, pois as forças armadas possuem uma abrangência muito maior, até mesmo do que da policia federal. Sendo a união de exército, marinha e aeronáutica.

 

Os Heróis de Outrora não eram Jogadores de Futebol

Quando crianças, muitos garotos sonhavam em fazer parte de um dos três, aspiravam serem capitães, almirantes, generais, etc.

Com o tempo, essa mentalidade foi alterada, para o sentimento de tempo perdido quando falamos em “servir a pátria”. Mas o custo disso, vemos num caos social, onde a desordem impera. Primeiramente em virtude de políticas públicas coordenadas e fomentadoras do desmantelamento de instituições públicas, tentam sistematicamente descreditar o valor histórico de nossos valorosos militares. Primeiramente através de uma educação que conta apenas uma face da moeda, como num jogo de xadrez combinado.

Fazem isso para esconder seus próprios erros, esquecendo-se de quantos pais exibem em suas paredes com orgulho “honra ao mérito”, de terem trabalhado pela construção de uma democracia, abalada pelos descalabros de governos corruptos pós-regime militar.

 

Mancha no Histórico dos Militares?

As forças armadas tem um histórico excelente no Brasil, com homens capacitados, treinados na ética e também na disciplina.

Homens que muitas vezes foram convocados para auxiliar na segurança pública, mas nossa imprensa sempre tentou atacar veementemente nossas instituições mais fortes, mas do outro lado protegendo criminosos que se uniram para roubar de forma preocupante o Brasil, com isenções fiscais, corrupção e subornos.

 

Torturas em Pleno Século XX?

Um dos maiores argumentos contra os militares, que pessoas tendenciosas utilizam, é o da tortura dos presos políticos. Os fatos vistos através de pessoas que viveram essa situação, mas entenderam que no momento era necessário ter atitude. Ficaram satisfeitos de viverem livres após a instabilidade inicial e continuaram vivendo suas vidas. Mas do outro lado, os “revolucionários” estavam sequestrando e matando as pessoas para exigirem do governo militar uma “democracia”, quando na verdade nunca vislumbraram democracia, vislumbravam apenas o PODER.  Nesses sequestros chegaram a matar militares a coronhadas, o que a imprensa tende a esconder.

 

Honra a Quem é de Direito

“Terra adorada”. Nossa terra deve muito aqueles que estão atualmente aquartelados, mas em virtude de ser uma das únicas democracias do mundo, onde os militares não possuem o reconhecimento devido. Dizem que devemos dar honra a quem merece, logo devemos falar em alto e bom som: “Obrigado Forças Armadas”.

 

Sobre Autor

Luciano Roberto é colaborador do Site Crédito Fácil Online. (Especializada em Crédito Consignado e Refin Imobiliário).

Administrador de Empresas, formado pelo Centro Universitário Metodista – IPA de Porto Alegre

 

 

Tagged with:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *